Skip to content

A Casa dos Pobres deve restituir as irmãs às funções exercidas anteriormente

29 de fevereiro de 2008

A Justiça do Trabalho de Curitiba concedeu liminar favorável ao Ministério Público do Trabalho e ao Ministério Público do Estado do Paraná em Ação Civil Pública proposta em face da Casa dos Pobres São  João Batista e de seu presidente, Rafael Kalluf Pussoli. A Juíza do Trabalho, Graziella Orgis, acolheu o pedido liminar no dia 14 de fevereiro, e determinou que a Casa dos Pobres restitua as irmãs às funções exercidas anteriormente, sob pena de multa de R$ 500,00 ao dia. “Além disso, deve abster-se de praticar qualquer ato que consista em pressão aos trabalhadores e de praticar despedidas discriminatórias. Neste caso a multa estipulada é de 10 mil por violação”, informa nota da assessoria da Procuradoria Regional do Trabalho da 9ª Região.

O procurador regional do trabalho, Ricardo Tadeu Marques da Fonseca, e o Promotor de Justiça, Sylvio Roberto Degasperi Kuhlmann, investigaram denúncias de assédio moral contra os trabalhadores e as irmãs de caridade que atuam na entidade. O presidente da Casa dos Pobres São João Batista foi denunciado por assédio e ameaças aos trabalhadores, gerando receio generalizado de represálias, usurpação de poderes, além de afastar indevidamente as irmãs da caridade de suas atividades.
Desde o ano passado, o presidente da Casa e as irmãs vêm travando uma disputa judicial pela Casa dos Pobres. A Cúria Metropolitana tem um pedido de reintegração de posse do local, e Pussoli um processo de usucapião

Fonte: Portal Bem Paraná – Curitiba/PR
Anúncios

From → Jurisprudência

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: